Rammstein: Paris

Rammstein: Paris

“RAMMSTEIN: PARIS é a fusão perfeita entre o show extraordinário da banda com a arte de editar filmes. É um banquete visual, uma celebração de Rammstein ao vivo, que é diferente e, Mais »

História

O Rammstein foi criado por Richard Z. Kruspe. Em 1989 ele fugiu da Alemanha Oriental através da fronteira entre a Áustria e a Hungria. No final das contas, ele acabou em Berlim Ocidental e começou uma banda em 1993 (Orgasm Death Gimmicks). Naquela época, ele era muito influenciado pela música americana. Depois da queda do muro, ele mudou-se de volta para casa em Schwerin, onde Till Lindemann trabalhava e tocava bateria na banda First Arsch.

Nesse período, Richard morava com Oliver Riedel (da banda The Inchtabokatables) e Christoph Doom Schneider (do Die Firma). Richard percebeu que a música que ele havia feito anteriormente não era a certa para ele. Ele imaginou algo com máquinas e guitarras pesadas junto. Os três começaram a trabalhar juntos em um novo projeto.

Richard logo percebeu que era difícil escrever a música e as letras ao mesmo tempo. Ele conseguiu que Till se juntasse a eles, já que muitas vezes tinha ouvido ele cantar enquanto trabalhava. Um concurso para novas bandas foi anunciado e o prêmio era tempo em estúdio. Os quatro gravaram o primeiro demo do Rammstein e venceram. Paul Landers conhecia todos eles e quis saber o que eles estavam fazendo. Depois de ouvir, ele aceitou participar. Nesse ponto, tudo que eles precisavam para ter o som mecânico era um tecladista. Eles tentaram que Christian “Flake” Lorenz se juntasse a eles, uma vez que ele já havia tocado com Paul na banda Feeling B. Flake não estava totalmente empolgado com a idéia a princípio e não queria participar por muito tempo. Mas no final, ele aceitou.

Na época em que a banda foi formada, todos eles tinham problemas nos relacionamentos, o que deu a base para seu álbum de estréia Herzeleid (Dor no Coração) em 1995. Desde então, eles já ganharam discos de ouro e platina por sua música e tornaram-se o número um em exportação de música da Alemanha.


O nome

Três jatos italianos da força aérea colidiram em 28 de agosto de 1988 num show na base americana em Ramstein, Alemanha. Cerca de 40 espectadores morreram nos primeiros minutos e centenas se feriram. Nos dois meses seguintes, as mortes subiram para 69. Em resumo, foi um desastre.

O nome estava por toda a mídia e não saía de suas cabeças. Ele mudaram de Ramstein (com um M) para Rammstein (com dois). Não é realmente uma palavra alemã, eles escolheram esse nome como provocação, e porque o significado parece adequar-se ao som da banda. Sua primeira música, “Rammstein”, foi sobre essa tragédia.